Guerra das Rãs é uma série limitada de quatro edições. Acompanha os membros do B.P.D.P. na guerra contra os monstros rã. Cada edição teve um artista convidado diferente e foram todos one-shots.

História da Publicação

A minissérie de quatro edições foi publicada de junho de 2008 a dezembro de 2009. A história foi coletada junto com Ressurgimento no encadernado B.P.D.P.: Guerra das Rãs em abril de 2009. Em outubro de 2011, o conto Ressurgimento foi relançado pela Dark Horse Digital. como War on Frogs #5.

A série foi posteriormente coletada no formato omnibus em B.P.D.P.: Plague of Frogs - Volume 2 junto com The Dead e The Black Flame . Como explicado por Scott Allie na introdução, War on Frogs e The Black Flame foram colocados em uma ordem de leitura diferente:

  • A Chama Negra #1 (renomeada Guerra das Rãs: Capítulo 1)
  • Guerra das Rãs #1 (renomeado Guerra das Rãs: Capítulo 2)
  • Ressurgimento (renomeado Guerra das Rãs: Capítulo 3)
  • Guerra das Rãs #2 (renomeado Guerra das Rãs: Capítulo 4)
  • Guerra das Rãs #4 (renomeada Guerra nas Rãs: Capítulo 5)
  • A Chama Negra #2-6 (com título de A Chama Negra: Capítulos 1-5)
  • Guerra das Rãs #3 (com título de A Chama Negra: Epílogo)

Sinopse

Part Um

A primeira edição foi ilustrada por Herb Trimpe e focada em Roger .

À medida que o culto as rãs se espalha pela América, Roger, o Homúnculo, retorna ao local do primeiro confronto do BPDP com as criaturas rãs - as ruínas de Cavendish Hall, onde Hellboy, Abe e Liz encontraram as rãs e Rasputin pela primeira vez para localizar as peças finais do quebra-cabeça da família Cavendish.

Depois que Abe rejeita a sugestão de Kate de visitar novamente o Cavendish Hall, (o local dos eventos apresentados em Seed of Destruction) para pistas sobre os rãs, Roger lidera uma equipe de campo do BPDP para investigar o local. Roger explora as cavernas sob os restos do salão, onde descobre um santuário deixado pelos irmãos Cavendish para sua mãe morta, incluindo seu cadáver preservado. Os irmãos se revelam uma forma de monstro rã evoluído. Após uma batalha prolongada com os monstros, Roger fica em vantagem depois que eles se distraem quando uma bala perdida destrói o cadáver de Emma Cavendish. Enquanto os irmãos choram o cadáver de sua mãe, Roger os destrói com uma saraivada de sua arma. Quando a equipe de limpeza chega, Roger pondera se valia a pena perturbar os rãs em primeiro lugar e ordena que a equipe de limpeza saia apenas sem mais ações.

Parte Dois

A segunda edição foi ilustrada por John Severin e focada em uma equipe de soldados comuns do BPDP caçando um ninho de monstros rãs em um navio de guerra abandonado - apenas para se tornar a presa de sua caça. Esta edição apresenta a primeira e a última aparição de vários agentes do BPDP, presumivelmente recrutados pelas forças armadas.

Em maio de 2005, um esquadrão de soldados do BPDP é enviado para investigar um possível ninho de rã em um navio de guerra abandonado na costa de Calafornia. Liderados pelo tenente Bradley, os agentes Varadi, Demers, Bernie D'Andrea, Whitcomb, Bama e Kohler investigam os destroços. Ao explorar os corredores claustrofóbicos do navio, eles aprendem que os rãs ainda podem estar vivos. A equipe é gradualmente escolhida uma a uma por monstros rãs com o Abe Sapien desamparado ouvindo os acontecimentos pela frequência de rádio. Finalmente, Demers, o último membro restante da equipe, chega ao convés do navio e é confrontado por um monstro rã. Sem armas, Demers se arma com um cano quebrado e se prepara para cair na briga. As páginas finais da história apresentam um major do exército chegando ao local e correspondendo a Abe pelo rádio. Ele revela que havia realmente apenas um monstro rã no navio e elogia Demers por sua bravura em matar o monstro ao custo de sua própria vida.

Parte Três

A terceira edição foi ilustrada por Karl Moline e focada em Liz Sherman e Ashley Strode , um novo personagem.

Situada em julho de 2006, Ashley cumprimenta uma Liz desanimada e descontente na cantina do BPDP. Depois de ser ignorada por Liz, Ashley discute com seus colegas como ela admira Liz como uma forte presença feminina no BPDP, mas se preocupa por não ter parecido certa desde os eventos de BPDP: The Black Flame.

Em um flashback de abril de 2005, Liz destruiu um ninho de rã em uma estação de esgoto em Louisianna. Daimio manifesta preocupação pelo manejo imprudente da missão por Liz, mas Liz desconsidera seus comentários. Ashley Strode é informada da história trágica de Liz por um colega agente do BPDP.

Em uma montagem, Liz é mostrada liderando equipes de campo do BPDP a limpar ninhos de rãs em Iowa, Washington, Utah e Oregan ao longo de 2005.

Na sede do BPDP, em fevereiro de 2006, Ashley e seu parceiro encontram Liz em um corredor e Ashley tenta se apresentar. No entanto, Liz é desdenhosa e distante, e nem sequer pergunta o nome dela.

Em uma reunião com Kate e Abe , Liz mostra a relutância de Abe em se envolver em trabalho de campo. No entanto, Kate critica a abordagem recente de Liz às missões, aconselhando-a a se concentrar no desenvolvimento das habilidades do agente, em vez da eficiência fria. Com isso em mente, Liz é enviada para liderar uma missão para verificar um ninho de rã abandonado em Handelson, Montana.

A equipe do BPDP procura a vista, Liz procura o subsolo enquanto Ashley e seu parceiro procuram no andar de cima. Liz sai do prédio acreditando que o lugar é seguro. Enquanto isso, Ashley e seu parceiro são emboscados por rãs. Ashley está incapacitada e seu parceiro é morto pelos monstros. Pouco antes de Ashley ser morta, Liz chega para salvar o dia. Ashley se recupera rapidamente e ajuda Liz a destruir as rãs restantes. Eles deixam a missão em termos amigáveis, de primeiro nome.

As sequências de flashbacks terminam e a edição termina onde começou na cantina do BPDP, com Ashley e seus colegas confusos quanto ao atual estado de espírito de Liz.

Nos painéis finais, temos um vislumbre do ponto de vista de Liz. O místico misterioso que apareceu para Liz no BPDP: The Black Flame está atrás de Liz, uma presença sempre iminente.

Parte Quatro

A quarta e última edição foi ilustrada por Peter Snejbjerg, com cores de Bjarne Hansen. A história se concentrou em Johann Kraus.

Johann Kraus, o homem ectoplasmático, lidera uma equipe de agentes do BPDP contra os monstros rãs que se espalham pelo país. Mas desta vez, queimar o ninho de rãs não é o fim da batalha para Johann, enquanto ele aprende sobre a horrível vida após a morte dos inimigos jurados do Bureau.

Em março de 2006, Johann lidera uma equipe de campo para exterminar um ninho de rã no Kansas. Depois de destruir rapidamente os rãs, Johann ordena que a Agente Catlett queime os restos mortais. No entanto, invisíveis a todos, exceto Johann, seus fantasmas permanecem. Johann diz brevemente aos fantasmas para tentar seguir em frente. Apesar disso, eles continuam a assombrar a equipe quando retornam ao QG do BPDP. Os fantasmas começam a induzir doenças no agente Catlett e a chantagear Johann para ajudá-los. Depois de discutir o problema com Ben Daimioe vendo a condição de Catlett piorar, Johann é persuadido a ajudar os rãs. Em forma de espírito, ele os leva para a atmosfera e realiza uma sessão espírita. Uma vasta brecha se abre para outra planície de existência e os espíritos rãs transcendem. No entanto, a alma de Johann também é quase puxada para o abismo, mas ele finalmente escapa. De volta ao QG do BPDP, Johann é visto lendo uma Bíblia. Daimio se aproxima dele e pede desculpas por descartar o risco existencial que Johann enfrentou.

Nota: Esta cena final e a conversa com Daimio são referenciadas posteriormente em um sonho que Johann experimenta em The Long Death.

Parte Cinco

Veja Revival para ver o artigo completo.

Ben Daimio caça monstros rãs que se disfarçam de curandeiros.

Cronologia da História

A Guerra das Rãs ocorreu em períodos de tempos distantes entre 2005 e 2006, sendo depois de O Chama Negra e antes de A Máquina Universal.

para ser mais específico as edições #1, #2 e #5 ocorreram antes de Vidas Perdidas e as edições #3 e #4 ocorreram antes de A Máquina Universal.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.